04 fevereiro 2017

Música: September Mourning - Volume II

Hei, pessoas!

Finalmente voltando ao blog, e espero, com a corda toda!

Abrindo 2017 com música, porque música deixa tudo melhor, concordam? :)

A estrela é September Mourning, mais especificamente o álbum Volume II!

E lá vamos nós!





September Mourning é uma personagem da "dark culture" (cultura escura). De acordo com a página no wikipedia, September seria um híbrido de humano e ceifador. A história de tal personagem é apresentada em música e em quadrinhos (e eu realmente não sabia disso até pesquisar para fazer a postagem aqui no blog.) Os quadrinhos, pelo que pesquisei, ainda não saíram. Entretanto, assim que saírem, vou procurar ler para falar aqui no blog ;) Se as músicas são qualquer pista, provavelmente vai ser muito bom!

Vamos lá falar desse álbum incrível? :3 Não vou falar de todas as músicas, apenas das minhas favoritas, ok? ;)

A primeira música é "The Collection". Ela é uma das minhas favoritas e abre o álbum de forma incrível, em minha singela opinião. Começa meio calma em termo de melodia, mas poderosa em quesito de letra, mesmo sendo curtinha!

Blessed all the lost without their sight,
Blessed all the star that kills the light,
Blessed all the fallen that escape their crimes,
Torn from the hands of fate and time

Abençoados todos os perdidos sem suas visões,
Abençoados todas as estrelas que matam a luz,
Abençoados todos os caídos que escapam de seus crimes,
Rasgados das mãos do destino e do tempo


"Angels to Dust" (Anjos ao Pó) é a segunda música do álbum. Ela é bem intensa em quesito instrumental e tem uma letra que consegue ser meio suave meio intensa ao mesmo tempo e que combina muito bem com a voz da vocalista. Ela é bem inspiradora, sabem...

In the end
When we've lost our only trust
We'll turn from angels into dust
Till there is nothing, nothing left of us

No fim
Quando nós tivermos perdido nossa única confiança
Nós nos transformaremos de anjos em pó
Até que nada, nada restará de nós.


A minha próxima música favorita é "Children of Fate" (Crianças do Destino). Ela começa com uma espécie de poesia declamada que é bem bonita e intensa, e então os instrumentos começam. A música intercala algo mais forte e rápido com algo ligeiramente mais suave e lento, e é MUITO inspiradora. A letra dela, particularmente, acho incrivelmente linda e poética e me deixa muito curiosa por saber o que virá nos quadrinhos!

Softly
Gently
The tide pulls you under in echoes of thunder
Hopeless
You're reaching for nothing
Nothing

Suavemente
Gentilmente
A maré te puxa para baixo em ecos de trovões
Sem esperanças
Você está tentando se agarrar a nada
Nada


"Skin and Bones" (Pele e Ossos) vem logo depois de "Children of Fate" e eu gosto tanto dela, acho ela tão inspiradora, que ela foi a música que me inspirou e me acompanhou na escrita do meu conto no desafio de Setembro em 2016 (leia aqui). Ela também tem um lyric video muito bom. Como praticamente o álbum inteiro, é intensa em termos de letra e de melodia, especialmente o refrão, e depois de descobrir sobre a personagem em si, dá pra perceber claramente que a música se refere à personagem September e seu conflito por ser híbrida. Me deixa ainda mais curiosa pelos quadrinho :P

My skin and bones, my skin and bonesAre not what I amIt’s all you’ve knownMy skin and bones, my skin and bonesStuck in between two prisonsWhere do I call home?It’s all you know deep down bellowSo tell me where do I call home?My skin and bones, my skin and bonesWhere do I call home?
Minha pele e ossos, minha pele e ossosNão são o que eu souÉ tudo que você tem sabidoMinha pele e ossos, minha pele e ossosPresa entre duas prisõesOnde eu chamo de lar?É tudo que você sabe bem lá no fundoEntão me diga onde eu chamo de lar?Minha pele e ossos, minha pele e ossosOnde eu chamo de lar?

Encerrando a postagem, falando sobre a minha quinta e última música favorita do álbum (são no total 12 músicas incríveis), vamos lá para "Superhuman" (Superhumano), cuja letra e melodia me fazem pensar MUITO em superheróis. Mesmo sem o background da September em mente, dá pra perceber que a música se refere a alguém que descobre que é mais que humano e que seu "poder" está relacionado à escuridão e não é de todo muito bonzinho. Muito inspirador!

It's not what you want but you had to get it
Taste my kiss black out, take it to the limit
I'll swallow your heart, tell me where you hid it
You'll be last to know

Não é o que você quer mas você tinha que consegui-lo
Saboreie meu beijo totalmente escuro, leve-o para o limite
Eu engolirei seu coração, diga-me onde você o escondeu
Você será o último a saber


Vou parar por aqui de babar ovo nas músicas! Ela são muito inspiradoras e realmente atiçam a curiosidade para descobrir mais sobre September e o universo dela... QUADRINHOS DE SEPTEMBER MOURNING, VENHAM A MIM!

Fontes: http://www.songlyrics.com/september-mourning-lyrics/; https://en.wikipedia.org/wiki/September_Mourning; http://www.septembermourning.com/videos.html