20 outubro 2012

Mundo Suspenso Raças: Vampiros

Criações de Branö, o Deus do Fogo e da Guerra, conhecido mais por Wavi na língua própria deles.

Suas origens são antigas e remontam ao início do Mundo Suspenso, estando entre as raças mais velhas de todo o Grande Continente.

Como Surgiram?

A lenda que corre sobre o primeiro vampiro é que este foi Liláfh (Sangue, na língua dos Vampiros).

Branö tinha feito sua primeira criação, Fhe, que seria a primeira humana. O Deus tinha grande carinho por ela.

No entanto, Fhe foi seqüestrada por um Djin ainda pequena, antes que pudesse ser considerada uma humana. Branö então invadiu os domínios de Guïré, o Deus que doa vida, para resgatar a filha. Infelizmente, tarde demais. O Djin já havia matado-a e comido sua carne, sobrando apenas o sangue e os ossos.

Branö tentou abrir o Portão das Almas, querendo entrar em Amarö, para onde todas as Almas vão, querendo a Alma de Fhe de volta, mas não conseguiu.

Cheio de raiva e magoa pelo irmão não ter salvo sua filha, fez, do sangue e ossos de Fhe, Liláfh.

Ela não era como a filha ou criação de um Deus. Era muito bela, mas uma beleza traiçoeira. E por não possuir uma alma, não tinha como viver por muito tempo, muito menos fazer magia, por menor que fosse. Até que atacou um Elfo, quando o Grande Continente ainda não tinha fronteiras, e junto do sangue que bebia, sentiu a alma dele preencher-lhe, e a ligação com a magia surgindo. Foi assim que descobriu como sobreviver e realizar magia. A alma o Elfo não foi para Amarö, mas ficou retida em Liláfh.

Mas pouco tempo depois a sede voltou e a magia não obedecia mais Liláfh. Atacou outro, e compreendeu que quanto mais magia usasse, mais rápido o poder da Alma se acabaria e seria necessário atacar outro.

E então, um dia, no fim da Sétima Era, a Era de Lanië, atacou um humano. Que não morreu, mas tornou-se alguém como ela.

Vampiros podem transformar qualquer um?

Vampiros só podem transformar humanos. São como eles, seus irmãos, somente possuem o corpo mais fechado. Qualquer outro que seja mordido por um vampiro morre ou, no máximo, se transforma num Lacaio com tempo limitado de vida.

Como são?

Cabelos de tons de vermelho e lisos.

Olhos negros que ficam vermelhos quando com raiva ou quando a sede é muito grande.

Pele pálida como uma folha de papel.

Magros, quase esqueléticos

Superforça

Difíceis de ferir

Sensíveis à Luz do Sol. Não morrem, mas queimam muito.

Qualquer coisa pode matá-los.

Mentes sensíveis e vulneráveis.

Seus filhos podem nascer Humanos, embora seja raro.

Não possuem Alma.

Onde mais encontrá-los?

Cidades e reinos habitados principalmente por Humanos. Basta tingir o cabelo para parecer com um.

Em seu próprio país, à sudeste no Grande Continente.

Sociedade:

Família real com o sangue de Liláfh.

Sacerdotes de Branö.

Vampiros caçadores de Vampiros: Caçam Vampiros que se entregaram a sede e atacam qualquer um, independente da raça, mesmo quando já beberam sangue e absorveram Almas suficientes para um bom tempo.

Humanos servos em seu país. Demais raças escravas nessas terras.

Nível de Perigo:


Alto. Há menos que ele já tenha fama de bonzinho, fuja o mais rápido possível. Mesmo que ele não esteja num estado Sanguinário ou esteja alimentado. Nunca se sabe.